20170122-20170123 – Dias 31 e 32 na Europa: Final Curtain

Ontem (21/01/2017, sábado) escrevi sobre Clovis Rossi e Donald Trump. Hoje (22/01/2017, domingo à noite), faço um breve resumo do dia de ontem e de hoje e falo um pouco sobre os planos amanhã (23/01/2017, segunda-feira).

Ontem passei a maior parte do dia no quarto – exceto pela parte da tarde, em que saí para a andar com a Paloma. Fomos até uma loja chamada Midia Market no shopping City2. Queríamos ainda olhar umas peças de material eletrônico, mas acabamos não comprando nada. Na volta passamos no Carrefour Express para nos manter em termos de comida até amanhã cedo.

Hoje o programa foi semelhante, só que, por volta do meio-dia, a Paloma e as menias foram ao Mercado das Pulgas (Marché des Pousses, Flea Market). Compraram mais roupas e outras besteirinhas. Estão tentando acomodar tudo nas malas delas. As minhas já estão prontas. Não foi difícil fazê-las, porque só comprei cinco livros, um disco rígido de 2’5”, e um power bank, do tamanho de um telefone celular. Nada mais. Diferentemente do que fiz quando viemos, vou despachar minha bagagem de mão. Temos direito a despachar duas malas de até 32 kg cada um, e de levar uma maleta de mão de até 8 kg (mais uma bolsa/pasta ou uma mochila não muito grande). À tarde saí para ir ao shopping, mas, chegando lá, estava tudo fechado.

Amanhã cedo preciso comprar umas coisinhas. Nosso voo só sai às 18h50, mas, em princípio, temos de fazer checkout às 12h. Amanhã cedo vou chorar para poder ficar aqui até, digamos, às 15h — mas duvido que, se derem algum tempo extra, será no máximo até às 14h.

Amanhã iremos até Zürich, e, de lá, depois das 22h, até São Paulo. Precisaremos de dois táxis para ir até a nossa casa.

Quanto à viagem em si, foi excelente, embora meio cansativa no final. A gente vai ficando cansado, com saudade de casa, e, às vezes, irritadiço e chegando perto dos limites de tolerância. A Paloma escreveu um post ontem falando da viagem e da saudade de casa, que está fazendo bastante sucesso.

Do ponto de vista financeiro, embora nem todos os detalhes estejam fechados, creio que ficamos dentro do orçamento previsto, para o qual havíamos, ao longo de 13 meses, reservado dinheiro em uma poupança.

Se me ocorrer algo mais, escrevo amanhã cedo. Pode até ser que um post anterior que escrevi e rotulei de chocho não tivesse sido (algumas pessoas discordaram de mim), mas este certamente está chochíssimo.

o O o

Fui dormir mais cedo (ca. 22h30) e o inevitável aconteceu (acordei às 2h30). Mexi no Facebook, acertei a contabilidade de ontem, tomei banho, fiz a barba, etc. — embora nosso voo demore ainda mais de 12h para decolar… Ser filho de mineiro é uma droga.

Diz meu telefone que a temperatura em Bruxelas, na região em que estou, é de zero grau. Será o que nos espera no Brasil??? Tenho até medo.

Chegando em São Paulo, permaneceremos na cidade o resto da semana, acertando detalhes logísticos de nossa vida, só indo para o sítio no domingo ou na segunda-feira vindoura, de hoje a oito dias. Espero encontrar tudo em ordem em SP e em Salto.

Fico por aqui. Ainda procurarei escrever um post fechando a viagem. Até lá. Foi bom estar com vocês nesses 32 dias. Contando o dia que saímos do Brasil (em que escrevi) e o dia em que botamos pé de volta no Brasil (em que ainda pretendo escrever), são 34 dias.

Em Bruxelas, 22-23 de Janeiro de 2017.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s